Saber como escolher um provedor de hospedagem, que atenda às suas necessidades e ainda caiba no seu orçamento, certamente não será uma tarefa fácil.

Como escolher um provedor de hospedagem ideal para o seu negócio

Primeiramente é preciso saber que tipo de site você pretende criar para o seu negócio.

Você precisa ter uma ideia do tamanho do seu projeto.

Primeiramente defina se vai ser um site/blog ou uma loja virtual, por exemplo.

Depois, é preciso definir a plataforma que será usada, como WordPress, Joomla, Drupal, etc.

Por fim, selecionar um provedor para criar e manter o site.

O que é hospedagem de sites?

Como-escolher-um-provedor-de-hospedagem
Imagem: Pixabay

A hospedagem de sites é um serviço que disponibiliza as informações do seu site na internet.

Todo site precisa de um domínio, como – novoafiliado.com – e uma hospedagem para funcionar e também ser visto pelo visitante.

A hospedagem, como o próprio nome sugere, tem como finalidade guardar (hospedar) o conteúdo daquele site, como arquivos e dados.

O que são servidores?

Servidores são máquinas potentes de processamento e armazenamento de dados.

Eles são responsáveis por fazer a comunicação através de protocolos (HTTP, FTP, etc.) entre o seu computador e a hospedagem.

Tipos de provedores de hospedagem

Quando um site fica popular e o número de visitas aumenta, provavelmente, mais recursos serão necessários para mantê-lo.

Todavia, é importante você saber que existem diferentes tipos de provedor de hospedagem de sites.

Entretanto, cada tipo de hospedagem é indicada para um tipo e tamanho de site, e pode ser dividida nas seguintes categorias:

1. Como escolher um provedor de hospedagem compartilhada

Esse tipo de serviço consiste em colocar diversos sites no mesmo servidor.

A hospedagem compartilhada é o tipo mais comum encontrado no mercado.

Sobretudo, embora compartilhado, cada conta possui recursos determinados para armazenamento.

Entretanto, você também precisa saber que na hospedagem compartilhada, se um site receber um grande volume de acesso e o servidor ficar indisponível, o seu site também ficará fora do ar.

A mesma coisa pode acontecer se o seu site for sobrecarregado. Nesse caso os outros poderão sair do ar.

Por isso, dependendo do crescimento do seu negócio, pode ser necessário mudar de nível de hospedagem.

Para quem é recomendada uma hospedagem compartilhada?

Se acaso você estiver começando, não tem conhecimentos técnicos, possui um site pequeno e não pode fazer grandes investimentos, a hospedagem compartilhada é uma ótima opção para o seu negócio.

2. Como escolher um provedor de hospedagem VPS

Um Servidor Virtual Privado, também chamado de VPS, é semelhante a um servidor dedicado, no entanto, ainda continua sendo compartilhado.

Como o nome sugere, cada servidor é virtual e fica separado dentro de uma máquina física.

Dessa forma, os recursos oferecidos, como processamento, tráfego, espaço e memória são dedicados a cada servidor virtual.

Nesse caso, o problema apresentado por um domínio não afeta o funcionamento de outro.

Para quem é recomendada uma hospedagem VPS?

Se você tem um negócio especifico que exije maiores recursos e estabilidade, como uma loja virtual e bastante visitantes por mês, uma hospedagem VPS pode suprir a sua necessidade.

Entretanto, a grande desvantagem da VPS é que o suporte ficará limitado e, por isso, será necessário um breve conhecimento de programação e codificação.

Caso você não souber terá que contratar alguém para fazer o serviço.

3. Provedor de hospedagem Cloud (em nuvem)

A hospedagem em nuvem é aquela que permite acesso a um grande banco de servidores que ficam interligados entre si.

Significa que você poderá contar com mais de um servidor e se algo sair errado o seu site não será afetado.

Umas das grandes vantagens da hospedagem cloud é a elasticidade, ou seja, se você precisar de mais recursos a nuvem pode conceder conforme a sua necessidade.

Assim como ela pode aumentar, também pode diminuir se você quiser.

Para quem é recomendada uma hospedagem cloud?

Principalmente pela possibilidade de aumentar e diminuir recursos, a hospedagem cloud é uma ótima opção para aquele negócio que recebe elevação de tráfego em algum período específico.

4) Provedor de hospedagem dedicada

Na hospedagem dedicada você terá um servidor somente seu e não precisa compartilhar recursos.

Para quem é recomendada uma hospedagem dedicada?

Por ter um custo elevado em relação as demais, é preciso avaliar se o seu negócio realmente precisa desse serviço no momento.

No entanto, se você tem um negócio de grande porte, muitos acessos e precisa de mais qualidade, avalie essa possibilidade.

Como escolher o melhor provedor de hospedagem para o seu negócio?

Com tanta opção na internet, realmente fica difícil fazer essa escolha.

É difícil, mas necessário para quem busca ter um negócio de sucesso na internet.

Sendo assim, você pode acompanhar abaixo algumas observações importantes que devem ser levadas em consideração na hora de escolher a sua hospedagem:

1 – Sobre a empresa de hospedagem

Veja a algumas dicas que podem auxiliar você na hora de escolher uma hospedagem de sites para o seu empreendimento.

Reputação da empresa no mercado

Há várias formas de verificar a reputação de uma empresa no mercado.

Além do site Reclame Aqui as Redes Sociais são uma excelente fonte de pesquisa de opinião, por meio das quais você pode saber a opinião de outros usuários em questão de minutos.

Se há muita reclamação sem resposta, pode ser sinal que a empresa não dá a devida atenção aos clientes.

Entretanto, é importante mencionar que nem todos os clientes estarão satisfeitos.

Suporte ao cliente

Se acontecer algo errado com o seu site você precisa ter uma resposta da empresa de hospedagem.

Imagina precisar de ajuda e não ter onde conseguir ou ninguém falar a sua língua.

Um suporte de qualidade, de preferência 24 horas por dia, 7 dias por semana, e no seu idioma, é fundamental para momentos assim e você deve pensar a respeito.

2 – Sobre o plano de hospedagem

Após decidir como será o seu site é hora analisar o que os planos de hospedagem oferecem.

Veja algumas dicas que podem auxiliar na hora de escolher um plano que mais se adapte ao seu negócio.

Espaço em disco ou armazenamento disponível

Esse recurso determina o espaço que os arquivos do seu site poderão usar na hospedagem.

Isso inclui todos os arquivos do site, como páginas, vídeos, imagens, músicas e todo conteúdo que você colocar.

Tráfego, transferência de dados ou largura de banda

Quando um site é acessado, o servidor transfere os arquivos para o computador desse visitante.

Entretanto, o tráfego não representa apenas o número de pessoas que vão visitar o seu site.

Esse recurso também leva em consideração download e upload de arquivos, como imagens e vídeos.

Dependendo do plano que você escolher pode haver um limite de tráfego.

Nesse caso, quando atingir o limite, o seu site sairá do ar.

Um serviço que disponha de tráfego ilimitado é a melhor opção, independentemente do tamanho do seu projeto, porque provavelmente você ficará feliz com bastante visitas.

Conta de e-mail ou hospedagem de e-mail

Uma conta de e-mail consiste na possibilidade de criar um e-mail personalizado com o seguinte formato:

Se você tem ou pretende ter uma equipe futuramente, provavelmente será necessário a utilização de um serviço de e-mail.

Nesse caso é importante observar o limite ofertado pelo plano de hospedagem.

Domínios

Dependendo de como você pretende trabalhar, contar com vários domínios pode ser importante.

Um bom exemplo é a possibilidade de criar vários mini sites e trabalhar como afiliado.

Dessa forma, a centralização vai facilitar o controle de todos os seus domínios.

Desempenho ou velocidade de carregamento

Alguma vez, você já fechou a janela de um site por conta da lentidão?

O desempenho de um site trata-se de um aspecto fundamental no que diz respeito à SEO.

Um site lento, com certeza, vai prejudicar o desenvolvimento do seu negócio na internet.

A velocidade de carregamento é tão importante que pode melhorar ou piorar o seu posicionamento nas buscas.

Disponibilidade ou estabilidade dos servidores (Uptime)

Se o seu site fica frequentemente fora do ar há grande risco de prejudicar o seu empreendimento.

Uptime é o nome que recebe o tempo de disponibilidade de um servidor.

Ele representa o tempo que o site ficará disponível para os visitantes.

Na prática é o tempo que o site vai ficar no ar.

Quanto mais próximo de 100%, maior é a garantia de estabilidade do seu site.

Segurança

Procure saber quais são as medidas de segurança que a empresa oferece para o seu plano de hospedagem.  

Veja alguns serviços que podem ser oferecidos para garantir uma melhor proteção para o seu negócio:

  • Backup diário para garantir a segurança dos arquivos.
  • Backup semanal para restaurar o site para a versão anterior, se necessário for.
  • Certificado SSL.
  • Entre outros.

Facilidade

Se você não tem conhecimento técnico verifique o que a empresa pode lhe oferecer quanto a facilidade para manipular a sua hospedagem.

Com a popularidade de plataformas como WordPress, Joomla, Drupal, etc. as hospedagens também estão adaptando os seus serviços especialmente para esses clientes.

Você pode fazer a instalação do WordPress de forma rápida e fácil, por meio de um instalador automático oferecido pelas empresas.

Além disso, conforme o crescimento do seu negócio pode haver a necessidade de fazer um upgrade com atualização do seu plano de hospedagem.

Procure saber como a empresa procede nessa situação.

Verifique se a migração é gratuita, uma funcionalidade que já está presente nas principais empresas de hospedagens.

Preço, teste grátis e garantia de qualidade

O preço é importante, todavia, não deve ser o principal item de avaliação de uma hospedagem.

Com o crescimento constante da competitividade, algumas empresas oferecem serviços, realmente, diferenciados.

Além do preço, algumas podem oferecer um período de teste grátis e garantir o reembolso se você não gastar do serviço.

Formas de pagamento

De acordo com a forma de pagamento e o tempo de contratação do serviço que você escolher algumas empresas podem lhe dar descontos significativos.

Além disso, outra funcionalidade como a possibilidade de pagamento por meio de dois cartões não é mais novidade.

Empresa brasileira ou estrangeira

Uma dúvida comum é quanto a influência da localização da melhor hospedagem de site.

Entretanto, independentemente da localização, no Brasil ou no exterior, cada empresa de hospedagem apresenta as suas vantagens.

Nesse caso, é importante fazer uma avaliação de como a empresa trabalha aqui no Brasil.

Veja as principais vantagens de contratar uma empresa com atuação local:

  • Idioma – essa é uma grande vantagem, principalmente para quem não domina o inglês.
  • Pagamento – uma empresa local, com certeza vai receber em reais.
  • Suporte – se você não domina o inglês e o suporte for em português, será mais fácil pedir auxílio, quando for necessário.

10 Provedores de hospedagens para você escolher

Conheça algumas empresas de hospedagem que você pode contratar para o seu negócio.

Fique à vontade para fazer uma visita e verificar qual delas atende melhor as suas necessidades:

  1. HostGator
  2. Hostinger
  3. SiteGround
  4. DreamHost
  5. UOL Host
  6. KingHost
  7. Hostnet
  8. GoDaddy
  9. WebLink
  10. Locaweb

Qual provedor de hospedagem você escolheu?

Como você pode ver escolher um provedor de hospedagem não é uma tarefa fácil.

Existem diversas opções no mercado oferecendo serviço.

Sendo assim, é necessário investir um tempo para fazer um estudo de comparação e avaliar a melhor opção para o seu negócio.

Dessa forma você contrata um serviço de acordo com a sua real necessidade não gastando dinheiro com serviços que não serão necessários.

Espero ter ajudado você na escolha de uma hospedagem de site e se ainda ficou com dúvidas participe nos comentários.

Participe dos Comentários

Este site utiliza Cookies e Tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência. Ao utilizar nosso site você concorda que está de acordo com a nossa Política de Privacidade.