Quem tem um site ou blog provavelmente gostaria de vê-lo na primeira página, entretanto existem pessoas que partem para técnicas obscuras objetivando alcançar esse resultado mais rápido e o Black Hat pode ajudar nesse objetivo.

O que é Black Hat SEO?

O Black Hat SEO trata-se de um conjunto de técnicas, que tem como objetivo ranquear de forma mais rápida uma página nos motores de busca.

Entretanto, os métodos utilizados seguem totalmente o contrário do que é indicado para você conseguir posicionar um site no Google.

Curiosidade acerca do termo Black Hat

O que é Black Hat
Imagem: Pixabay

Black Hat ou Chapéu Preto, como também pode ser chamado em nossa língua portuguesa, é um termo que faz referência aos filmes do Velho Oeste.

Você lembra dos filmes de tiro, de bang bang ou de faroeste, como também eram conhecidos?

Se forçar a memória, também vai lembrar de uma característica muito peculiar dos filmes.

Os vilões, geralmente usavam chapéus de cor preta (Black Hats), enquanto os mocinhos eram representados por chapéus de cor branca (White Hats).

Entretanto, aqui em nosso contesto os Chapéus Preto representam aquelas pessoas que agem de forma totalmente “sem-vergonha”, ou seja, de má-fé.

Principal diferença entre White Hat e Black Hat

Como você pode ver acima o Black Hat faz referência as técnicas consideradas ilícitas.

Em contra partida, o White Hat é tudo aquilo que você deve fazer em termos de boas práticas de SEO para ranquear o seu site de acordo com as diretrizes do Google.

Ou seja, nunca esquecendo da qualidade do conteúdo e da satisfação do seu visitante.

Importância de saber o que é Black Hat

Depois que muitas pessoas começaram a descobrir a forma dos motores de busca selecionar os sites que aparecem nas primeiras colocações, elas passaram a “enganar” esse sistema por meio de técnicas consideradas antiéticas.

As práticas de Black Hat vão na direção oposta de todas as recomendações do Google, principalmente em termos de qualidade.

Para gerar tráfego orgânico e conseguir um melhor posicionamento, inúmeras técnicas de SEO podem ser aplicadas.

Entretanto, desconfie de qualquer promessa capaz de colocar o seu site na primeira página do Google rapidamente.

Muitas vezes você pode tomar uma atitude, no entanto nem saber que ao invés de ajudar poderá estar prejudicando todo o seu negócio.

Por esse motivo é de extrema importância para qualquer webmaster saber o que é Black Hat e conhecer algumas técnicas que são usadas de forma incorreta e escolher o caminho certo de aplicar SEO.

05 exemplos do que você não deve fazer

Uma vez que você souber o que é errado tem que fazer o possível para não cometer esses erros e prejudicar o seu site.

Então, veja cinco técnicas que você pode estar aplicando e nem saber que é Black Hat:

1 – Conteúdo invisível

Essa técnica tem por finalidade esconder, principalmente as palavras-chave que são relevantes para ranqueamento de uma página de forma que somente o mecanismo de busca consiga identificá-las.

2 – Link Farm

Trata-se de uma estratégia, que consiste na criação de domínios otimizados com inúmeras palavras-chave, cuja finalidade é fazer apontamento para um site principal.

3 – Keyword Stuffing

Keyword Stuffing é a repetição excessiva de palavras-chave objetivando aumentar a densidade da página.

4 – Perfil Falso nas Redes Sociais

Você pode criar um perfil falso nas redes sociais apenas com objetivo de tentar melhorar a sua reputação no mercado.

Além disso, também pode usar essa estratégia para prejudicar algum concorrente, no entanto precisa ficar ciente que ele também pode fazer o mesmo contra a sua marca.

Esses danos podem ser causados por meio de fatos que não são verdadeiros, apenas prejudicando o nome da marca e dos seus clientes, tendo em vista que não vão agregar valor algum.

5 – Spam

Exatamente, spam é considerado uma técnica Black Hat, por exemplo, se você acessar um site concorrente apenas para colocar um link apontando para o seu site por meio dos comentários.

Quais são as punições do Google para Black Hat SEO

Quem ainda comete essas infrações, certamente corre grande risco de sofrer punições.

Dentre as principais penalidades que um site pode sofrer, pode-se destacar algumas, como:

  • Perda de posições no Google.
  • Banimento, ou seja, a exclusão permanente dos motores de busca, que pode ser considerada a punição mais severa, tendo em vista que não tem como reverter esse quadro.

Como verificar se meu site foi punido pelo Google?

Se você notar que seu site começou a perder tráfego repentinamente é grande a possibilidade dele ter sofrido alguma punição.

1 – Você pode fazer essa verificação por meio do Google Search Console.

No seu painel administrativo procure por – Segurança e Ações ManuaisAções Manuais.

2 – Outra forma de verificar o seu posicionamento é fazendo uma rápida pesquisa no próprio Google.

Para isso, basta você digitar o seguinte no campo de busca: site:nomedoseusite.com.br.

Feito isso você poderá ver o número de páginas indexadas no Google.

3 – Mais uma forma de confirmar essa verificação é colocando uma “palavra-chave” no Google e observar se houve alguma mudança no seu posicionamento.

Se antes você aparecia com aquela determinada palavra e agora não aparece mais, certamente tem alguma coisa acontecendo.

4 – Por fim, também existe a possibilidade de você perder posições por causa do aumento da concorrência, todavia, trata-se de algo que pode ser recuperado.

O que fazer depois de uma punição do Google

O primeiro passo a ser feito depois de sofrer uma punição pelo Google, dependendo do caso, é providenciar a remoção imediata do conteúdo responsável pela punição.

Depois, reenvie novamente o sitemap e peça uma nova avaliação.

Feito isso, será necessário esperar a resposta do Google.

Não cometi nenhum erro e mesmo assim o meu site sofreu punição

Se você considerar que não cometeu nenhum erro, infelizmente a única forma de reverter esse acontecimento é produzindo conteúdo com mais qualidade ainda e, dessa forma, provando para o Google que você não aplica técnicas consideradas ilícitas.

Feito isso, é preciso esperar até o Google proceder com a remoção da página de sua lista, tendo em vista que ele reconhecera que cometeu um erro.

O que fazer ao contrário do Black Hat SEO para melhorar o seu posicionamento

Um dos principais fatores que o Google leva em consideração na hora de ranquear um site com certeza é a qualidade do conteúdo.

Não apenas pensando no mecanismo que trabalha esse posicionamento, mas nas pessoas que terão acesso a esse conteúdo.

Provavelmente você – juntamente com milhares de pessoas pelo mundo todo – usa o celular para navegar na internet, nem que seja para verificar as Redes Sociais, não é mesmo?

Agora me diga a sua reação quando um determinado site não se enquadra à tela do Smartphone.

É isso mesmo, certamente não é um experiência agradável para o usuário e o Google também pensa dessa forma.

Sendo assim, é de fundamental importância otimizar o seu site para dispositivos móveis.

Tente facilitar ao máximo para satisfazer todos aqueles que encontrarem o seu conteúdo também cuidando de outros aspectos, como acessibilidade, estrutura do conteúdo, velocidade de carregamento, entre outros.

Tenha calma e mantenha foco no longo prazo, que certamente você alcançará o sucesso com o seu negócio.

03 motivos para não fazer Black Hat

Se você objetiva causar uma boa impressão deve levar em consideração tudo que já foi mencionado até aqui.

Entretanto, veja três motivos para você não aplicar essas técnicas de SEO.

1 – Desvalorização do seu público

Quando você aplica técnicas Black Hat não está produzindo conteúdo para seus usuários e sim para os mecanismos de busca, tendo em vista que a preocupação maior será em ranquear uma página independentemente do modo que for usado.

2 – Desonestidade

Ao aplicar técnicas desleais você está enfrentando seus “concorrentes” de forma desonesta e desigual.

Embora todos estejam disputando o mesmo lugar no topo é preciso fazer o jogo de forma limpa e merecer a posição que alcançar.

3 – Risco

Essa pratica pode funcionar num primeiro momento, no entanto, mais cedo ou mais tarde será descoberta causando efeito contrário no seu negócio.

O prejuízo pode ser realmente grande, tendo em vista que o seu site corre risco de ser banido permanentemente do Google.

O Black Hat pode literalmente afundar o seu site

Certamente você sabe que o jeito certo é mais trabalhoso e demorado.

Entretanto, se você pensa em ter um negócio sustentável e de longo prazo é de extrema importância já começar de forma correta.

Agora ficou mais fácil para compreender, que realmente o seu site pode ser prejudicado, seja perdendo posições ou até mesmo sendo banido completamente aqui da internet.

Acredito, que dentre todas as punições a pior de todas é ser excluído e ter que começar todo o trabalho de novo.

Conclusão

Antes de concluir gostaria de fazer mais uma pergunta para você.

Depois de tudo que foi mencionado você jamais deverá utilizar técnicas Black Hat, em hipótese alguma na sua estratégia, correto?

Bom, dependendo do seu objetivo principal essas técnicas não devem ser aplicadas.

Agora vamos imaginar o seguinte:

Você tem uma grande denúncia para fazer e precisa colocar um site na primeira página para concretizar esse objetivo.

Feito isso, essa página não terá mais valor e poderá ser eliminada da internet.

Então, como você pode ver, dependendo do contexto e do seu objetivo, aplicar essas técnicas Black Hat pode ser uma opção aceitável.

No entanto, o recado principal que tentei passar é que mais cedo ou mais tarde o Google vai identificar o seu site e certamente vai aplicar uma punição.

Se você gostou do conteúdo compartilhe conosco por meio dos comentários.

Também comente se você conhece ou já aplicou alguma técnica Black Hat e obteve sucesso.

Participe dos Comentários

Este site utiliza Cookies e Tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência. Ao utilizar nosso site você concorda que está de acordo com a nossa Política de Privacidade.