Se você pretende trabalhar pela internet e ainda não ouviu falar o que é um freelancer certamente ainda terá essa dúvida.

Se tornar um freelancer é uma ótima oportunidade para quem procura uma forma de trabalhar em casa, adquirir uma renda extra ou quem sabe uma nova profissão.

Pensando nisso, resolvi criar um artigo explicando tudo o que você precisa saber sobre o que significa ser um freelancer.

Segundo uma pesquisa feita pela Workana, uma das maiores plataformas de trabalho freelancer, essa modalidade de trabalho teve um crescimento de 32% somente aqui no Brasil no primeiro trimestre de 2020.

Pode-se dizer que o trabalho freelancer tem uma grande relação com o nomadismo digital.

Caso você queira saber um pouco mais sobre essa profissão continue lendo para entender melhor o que é um freelancer, o que ele faz, como encontrar um, quais são as suas principais características e muito mais.

Surgimento do Termo Freelancer

O que é um freelancer
Imagem: Pixabay

Embora tenha sido popularizado somente nas últimas décadas, o termo “free lance” já existe a bastante tempo.

A expressão, literalmente traduzida como “lanceiro livre”, deriva dos cavaleiros medievais mercenários, que se colocavam a disposição dos nobres que lhes pagassem mais para guerrear.

O termo apareceu pela primeira vez no livro “Ivanhoé”, de Sir Walter Scott, em 1819, no seguinte trecho:

“I offered Richard the service of my Free Lances, and he refused them — I will lead them to Hull, […]; thanks to the bustling times, a man of action will always find employment.”

“Ofereci a Richard o serviço das minhas Free Lances, e ele recusou. Vou levá-las para Hull, […]; graças aos tempos agitados, um homem de ação sempre encontrará emprego”. (Wikipédia)

Consegue-se perceber que antigamente os “lanceiros livres” – free lances – podiam vender o seu trabalho a diferentes interessados.

Atualmente o trabalho freelance ainda continua, no entanto as armas são diferentes.

O Que é Um Freelancer Hoje?

O que é um freelancer atualmente
imagem: Pixabay

Freelancer, também conhecido como freela ou frila, é um termo inglês que pode ser traduzido como “profissional liberal”.

A relação de trabalho pode ser prolongada conforme a disponibilidade do profissional e a demanda do cliente.

O freelancer é um profissional independente – autônomo – que pode atuar sem vínculo empregatício em diferentes áreas, atendendo a pessoa física ou jurídica.

Desta forma, pode considerar-se um profissional livre para oferecer seus serviços e trabalhar para quantos clientes quiser.

Principais Atividades de Um Freelancer 

As pessoas mais apegadas ao sistema tradicional de trabalho ainda se perguntam com algum receio o que um freelancer pode fazer.

Se você pensa que freelancer apenas escreve textos está completamente enganado, porque ele pode fazer muito mais do que isso.

Sendo assim, veja abaixo algumas habilidades que você poderá esperar de um freelancer:

  1. Redação (revisão)
  2. Tradução
  3. Programação
  4. Musica
  5. Jornalismo
  6. Designer  
  7. Fotografia
  8. Videomaker
  9. Marketing
  10. Consultoria jurídica
  11. Consultoria financeira
  12. Assistente virtual
  13. Entre outras.

É importante destacar que, dentro de cada área, pode haver subdivisões, tornando o trabalho ainda mais específico.

O Que é Necessário Para Ser Um Freelancer

Além das habilidades técnicas para desempenhar as atividades também é necessário ter o perfil para esse trabalho.

Nem todo mundo consegue se adaptar a rotina de um trabalho autônomo.

Para facilitar a sua vida, confira algumas características fundamentais para quem deseja entrar no mercado “freela”:

  1. Planejamento
  2. Organização
  3. Disciplina
  4. Comprometimento
  5. Conhecimento (Estude Sempre)
  6. Comunicação (Networking)
  7. Controle financeiro
  8. Resiliência

Lembrando, que não são regras obrigatórias, no entanto quanto mais qualificado e preparado você estiver, melhor.

Planejamento

Assim como qualquer atividade não é preciso entrar em detalhes quanto a importância do planejamento.

Organização

Um grande erro cometido por muitos profissionais que trabalham por conta própria é não separar a vida pessoal da profissional.

Você será o responsável por tudo o que está relacionado à sua vida profissional, como as atividades, os prazos, a comunicação com o cliente, a qualidade e a precificação dos trabalhos.

Sendo assim, se você não tiver o hábito de organização certamente será prejudicado em algum momento da sua vida profissional.

Disciplina

Ser freelancer é muito mais do que trabalhar de pijama.

Além de organização é necessário muita disciplina.

Se você é o tipo de pessoa que precisa de alguém controlando a sua produtividade ou perde o foco com facilidade trabalhar como freelancer será algo realmente desafiador.

Isso poderá prejudicar o seu desempenho, tendo em vista que há um grande risco de você acabar não dando conta das responsabilidades.

Comprometimento

A partir do momento que você se coloca à disposição para realizar um determinado trabalho, outra pessoa espera que você tenha comprometimento para fazer o que se propôs a fazer e concluir a tarefa.

Conhecimento (Estude Sempre)

Quem busca alcançar o sucesso precisa estar atualizado.

Estudar deve ser algo prazeroso na vida de um freelancer, porque tudo muda frequentemente.

Por mais que você acredite saber o bastante sobre o seu nicho de atuação, sempre tem alguma coisa nova para aprender.

Comunicação (Networking)

Quem está começando, provavelmente não terá uma grande rede de contatos, todavia trata-se de algo que vai conseguir com o tempo.

Para alcançar um lugar de destaque como freelancer uma boa comunicação é de grande valia e certamente vai ajudar na hora de conseguir novas oportunidades.

No entanto, quanto mais pessoas você conhecer, maiores serão as chances de conseguir melhores trabalhos.

Controle Financeiro

A renda de quem trabalha como freelancer é variável e pode ter grande diferença de um mês para outro.

Por esse motivo, é importante manter um bom controle financeiro para não passar por nenhuma dificuldade financeira.

Resiliência

Resiliência é a capacidade de adaptação em situações adversas.

Superar obstáculos e problemas e reagir positivamente a eles sem ficar abalado emocional e psicologicamente.

Vantagens e Desvantagens Desta Profissão

Se você procura algumas características que um emprego convencional não tem como oferecer o mercado freelancer pode ser o que você precisa.

O número crescente de profissionais que se aventuram nesse mercado não acontece por causalidade, como você pode ver logo abaixo:

Vantagens

Isso se deve às grandes vantagens que essa profissão oferece, como:

  1. Flexibilidade (Você não precisa abandonar o emprego convencional)
  2. Autonomia
  3. Possibilidade de bons ganhos financeiros
  4. Expansão do networking
  5. Possibilidade de trabalhar com aquilo que gosta
  6. Liberdade geográfica

Desvantagens

Nem tudo na vida são flores e trabalhar como freelancer também tem o seu lado ruim, como:

  1. Instabilidade financeira
  2. Inexistência de salário fixo
  3. Inexistência dos benefícios que o emprego convencional oferece
  4. Solidão

Que Tipo de Freelancer Você Pretende Ser?  

Antes de conhecer os clientes é importante ter uma ideia de como você pretende se posicionar no mercado, seja como freelancer especialista ou generalista.

O Que é Um Freelancer Especialista

Um freelancer especialista é aquele que se especializou em uma determinada área.

Todavia, dependendo da área que for escolhida poderá haver mais, ou menos, concorrência.

Da mesma forma poderá acontecer com a sua audiência também.

O Que é Um Freelancer Generalista

Por outro lado, um freelancer generalista é um profissional disposto a abordar qualquer tipo de trabalho de acordo com a sua capacidade, é claro.

Como Iniciar a Carreira de Freelancer?

Caso você esteja trabalhando num emprego convencional e ainda não tem segurança no que pretende fazer, é importante lembrar que antes de começar 100% nessa nova atividade você pode conciliar os horários e fazer as duas coisas.

Entretanto, muitas vezes a pessoa já está desempregada e enxerga o mercado freelancer como uma saída, que de fato é uma ótima oportunidade.  

Na linguagem freelancer frequentemente você vai ouvir a palavra “jobs”, que significa trabalhos.

Uma boa estratégia para quem está começando no mercado “freela” e encontrar os primeiros “jobs” é usar as redes sociais para divulgar.

Caso você tenha uma rede de contatos faça uma aviso comunicando que está trabalhando como freelancer e pedindo por indicações.

Entretanto, veja outras etapas que você deve aplicar para aumentar a sua visibilidade no mercado:

1 – Crie o Seu Portfólio

Um portfólio é uma lista que reúne os melhores trabalhos de um profissional e tem como objetivo atrair pessoas interessadas no seu trabalho.

É muito importante expor a sua capacidade para que mais clientes encontrem você e contrate os seus serviços.

2 – Utilize o Linkedin

O Linkedin é a principal rede social voltada para contatos profissionais.

Sendo assim, caso você não tenha, crie um perfil o mais completo possível na plataforma e procure mantê-lo sempre atualizado.

3 – Escreva Para Sites e Blogs

Uma ótima forma de ganhar visibilidade é escrevendo para outros sites e blogs já conhecidos.

Além disso, pense na possiblidade de criar o seu próprio site.

É muito fácil criar um site ou blog com as inúmeras ferramentas que têm no mercado, como WordPress, por exemplo, que permite a criação de um site profissional embora você não tenha conhecimento em programação.

4 – Crie Um Canal no YouTube

Um Canal no Youtube é uma excelente forma de você transmitir o seu conhecimento.

Certamente o alcance de pessoas que você poderá ter com um Canal no Youtbe é verdadeiramente grande.

5 – Cadastre-se Em Plataformas Especializadas

Por fim, mas não menos importante é a criação de um cadastro em algumas plataformas especializadas no trabalho de freelancers, como workana, 99freelas, entre outras.

Essas empresas fazem a intermediação entre o freelancer e o cliente e dependendo da plataforma também será possível criar o seu portfólio.

Onde Encontrar Um Freelancer?

Assim como você tem a possibilidade de trabalhar como freelancer, também poderá contratar esse profissional.

Tudo deve ser previamente acordado e documentado por escrito – e não apenas uma negociação informal – evitando problemas futuramente.

Sendo assim, a forma mais prática para encontra-lo é por meio de plataformas que fazem intermediação entre a pessoa interessada e o freelancer.

Existem várias, mas vou colocar aqui apenas algumas:

Qual o Melhor Local de Trabalho Para Um Freelancer?

O que significa freelancer e um bom local de trabalho
Pixabay

Se você dispor de uma pequena mesa e determinar um horário para trabalhar já será suficiente.

Logicamente, se você tiver uma sala unicamente para o trabalho será melhor ainda.

Todavia, no começo poderá ser difícil trabalhar em casa sem perder o foco.

A procrastinação é algo que poderá afetá-lo, principalmente nas primeiras semanas.

Nesse caso o seu objetivo deve ser maior.

Pense no porque está fazendo isso e onde pretende chegar e mantenha o foco nesse objetivo.

Por outro lado, se o problema for o fato de ficar em casa existem algumas técnicas, como a “Técnica Promodoro”, por exemplo, que pode ser aplicada principalmente no começo da sua nova profissão.

Técnica Pomodoro consiste no gerenciamento de tempo com auxílio de um cronômetro para dividir o trabalho em períodos de 25 minutos, separados por pequenos intervalos de 5 ou 10 minutos.

Se mesmo assim você não conseguir o rendimento esperado existe outra possibilidade que é buscar espaços preparados para esses profissionais.

Para isso você poderá contar com os “coworkings”.

Coworking, é um modelo de trabalho que se baseia no compartilhamento de espaços e recursos. Haverá várias pessoas trabalhando simultaneamente não necessariamente na mesma área de atuação ou para a mesma empresa.

Qualidade dos Equipamentos Para o Trabalho

Dependendo da atividade que você for fazer como freelancer não será necessário tem equipamentos caros.

No entanto, se o trabalho for a criação de um software, por exemplo, será necessário investir em equipamentos melhores.

Como Definir o Preço Pelo Trabalho?

Colocar preço no trabalho não é uma tarefa fácil, tendo em vista que isso também depende da área de atuação.

Uma ótima ideia é pesquisar através de outros profissionais com mais experiência e verificar o preço de mercado.

Também existe na internet tabelas prontas com preços pré-definidos para o profissional ter como base de precificação.

No entanto, conforme o tempo e a experiência que você for adquirindo, certamente vai aprender a melhor forma de negociar para chegar a um preço justo para ambas as partes.

Por outro lado, pensar na hipótese de considerar uma oferta menor que o mercado pode ser uma saída para ganhar experiência.

Como Um Freelancer Recebe o Pagamento? 

Nesse caso, também é bom contar com apoio de uma plataforma de intermediação.

O freelancer somente receberá o pagamento depois do trabalho feito.

Além disso, poderá cobrar por hora ou pelo trabalho como um todo.

É Preciso Ter Diploma Para Trabalhar Como Freelancer?

O que é um freelancer
Imagem:Pixabay

Depende…

Em geral, para ingressar no mercado freelancer não é necessário possuir um diploma.

Entretanto, isso não vale para todas as áreas, tendo em vista que dependendo do caso será necessário possuir um curso superior.

Para quem pretende trabalhar numa área específica, prestando consultoria, como contabilidade, engenharia, arquitetura, entre outras, possuir um diploma será necessário.

Por outro lado, não podemos esquecer que em outras áreas, como fotografia e edição de vídeos, por exemplo, ter um diploma pode não ser tão importante quanto a experiência do profissional.

Entretanto, um diploma pode ser considerado um grande diferencial na hora de conseguir uma oportunidade.

Freelancer Precisa de CNPJ (MEI)

Em geral, não há grande necessidade de um profissional freelancer possuir um CNPJ.

Por outro lado, há empresas que preferem contratar um profissional que tenha cadastro como Pessoa Jurídica.

Sendo assim, colocarei aqui algumas vantagens de se tornar um MEI:

  • Tributação simplificada e resumida
  • Direito à aposentadoria e direitos trabalhistas
  • Possibilidade de contratar um funcionário
  • Possibilidade de emitir Notas Fiscais
  • Linha de crédito específica

Para se tornar um MEI é rápido e prático e pode ser feito sem a necessidade de sair de casa através do Portal do Empreendedor.

Sobretudo, é importante colocar na balança quais as vantagens de ter ou não um cadastro como Pessoa Jurídica e se tornar um Micro Empreendedor Individual (MEI).

Para quem trabalha de carteira assinada pode não ser uma grande vantagem, tendo em vista que o MEI anulará alguns benefícios como Seguro Desemprego, por exemplo.

Duração dos Trabalhos de Um Freelancer

A duração de um trabalho freelancer é relativa e poderá variar de acordo com cada caso.

Assim como haverá situações em que o trabalho terá maior duração, também vai ter atividades mais rápidas.

Resumindo “O Que é Um Freelancer”

Tendo em vista a extensão do conteúdo, antes de concluir vou fazer um breve resumo do que é um freelancer e tudo que acabamos de ver.

A expressão “freelance”, literalmente traduzida significa “lanceiro livre” e deriva dos cavaleiros medievais mercenários, que se colocavam a disposição àqueles que pagassem mais.

Freelancer é um termo inglês que pode ser traduzido como “profissional liberal” e hoje representa uma pessoa que trabalha por conta prórpia.

Também é importante lembrar que freelancer não é sinônimo de informalidade, no entanto você poderá sim encontrar algum trabalho sem muita burocracia.

Existem inúmeras atividades que um freelancer pode fazer e dentro de cada área, pode haver subdivisões, tornando o trabalho mais específico.

Antes de começar verifique se você tem as habilidades e o perfil para esse trabalho.

Dentre as vantagens a flexibilidade e autonomia merecem destaque.

Por outro também tem um lado ruim, como instabilidade financeira e falta de salário fixo.

Um freelancer pode trabalhar como generalista ou especialista em uma determinada área.

Visite alguns sites, como Workana e 99freelas e veja como é a exposição de trabalhos de outros profissionais do ramo.

Mantenha o foco e tome cuidado com a procrastinação.

Em geral, para trabalhar como freelancer, dependendo da área, não será necessário diploma.

Da mesma forma acontece com um CNPJ, tendo em vista que não trata-se de algo obrigatório.

Além de tudo, também é preciso tomar cuidado para não levar golpes e também não manchar a sua imagem pessoal e profissional.

Fique atendo àquelas pessoas que podem buscar apenas tirar vantagem da sua pouca experiência.

Por fim, gostaria de dizer que a sua opinião é muito importante.

Sendo assim, participe por meio dos comentários.

0 Comentários

Deixe um comentário

Usamos cookies para personalizar conteúdo e anúncios, fornecer recursos de mídia social e analisar nosso tráfego. Também compartilhamos informações sobre o uso de nosso site com nossos parceiros de mídia social, publicidade e análise. View more
Cookies settings
Aceitar
Política de Privacidade & Cookies
Privacy & Cookies policy
Cookie name Active

Todas as suas informações pessoais recolhidas, serão usadas para o ajudar a tornar a sua visita no nosso site o mais produtiva e agradável possível.

A garantia da confidencialidade dos dados pessoais dos utilizadores do nosso site é importante para o Novo Afiliado.

Todas as informações pessoais relativas a membros, assinantes, clientes ou visitantes que usem o Novo Afiliado serão tratadas em concordância com a Lei da Proteção de Dados Pessoais de 26 de outubro de 1998 (Lei n.º 67/98).

A informação pessoal recolhida pode incluir o seu nome, e-mail, número de telefone e/ou telemóvel, morada, data de nascimento e/ou outros.

O uso do Novo Afiliado pressupõe a aceitação deste Acordo de privacidade. A equipe do Novo Afiliado reserva-se ao direito de alterar este acordo sem aviso prévio. Deste modo, recomendamos que consulte a nossa política de privacidade com regularidade de forma a estar sempre atualizado.

Os anúncios

Tal como outros websites, coletamos e utilizamos informação contida nos anúncios.

A informação contida nos anúncios, inclui o seu endereço IP (Internet Protocol), o seu ISP (Internet Service Provider, como o Sapo, Clix, ou outro), o browser que utilizou ao visitar o nosso website (como o Internet Explorer ou o Firefox), o tempo da sua visita e que páginas visitou dentro do nosso website.

Cookie Double Click Dart

O Google, como fornecedor de terceiros, utiliza cookies para exibir anúncios no nosso website;

Com o cookie DART, o Google pode exibir anúncios com base nas visitas que o leitor fez a outros websites na Internet;

Os utilizadores podem desativar o cookie DART visitando a Política de privacidade da rede de conteúdo e dos anúncios do Google.

Os Cookies e Web Beacons

Utilizamos cookies para armazenar informação, tais como as suas preferências pessoas quando visita o nosso website.

Isto poderá incluir um simples popup, ou uma ligação em vários serviços que providenciamos, tais como fóruns.

Em adição também utilizamos publicidade de terceiros no nosso website para suportar os custos de manutenção.

Alguns destes publicitários, poderão utilizar tecnologias como os cookies e/ou web beacons quando publicitam no nosso website, o que fará com que esses publicitários (como o Google através do Google AdSense) também recebam a sua informação pessoal, como o endereço IP, o seu ISP, o seu browser, etc.

Esta função é geralmente utilizada para geotargeting (mostrar publicidade de Lisboa apenas aos leitores oriundos de Lisboa por ex.) ou apresentar publicidade direcionada a um tipo de utilizador (como mostrar publicidade de restaurante a um utilizador que visita sites de culinária regularmente, por ex.).

Você detém o poder de desligar os seus cookies, nas opções do seu browser, ou efetuando alterações nas ferramentas de programas Anti-Virus, como o Norton Internet Security.

No entanto, isso poderá alterar a forma como interage com o nosso website, ou outros websites. Isso poderá afetar ou não permitir que faça logins em programas, sites ou fóruns da nossa e de outras redes.

Ligações a Sites de terceiros

O Novo Afiliado possui ligações para outros sites, os quais, a nosso ver, podem conter informações / ferramentas úteis para os nossos visitantes.

A nossa política de privacidade não é aplicada a sites de terceiros, pelo que, caso visite outro site a partir do nosso deverá ler a politica de privacidade do mesmo.

Não nos responsabilizamos pela política de privacidade ou conteúdo presente nesses mesmos sites.

Save settings
Cookies settings